Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

23
Jun12

DO OUTRO LADO DA VIDA...Convite lançamento Colectânea "CORDA BAMBA"

samueldabo

 

foto de Pastelaria Estudios Editora

*

DO OUTRO LADO DA VIDA…
*
Era tão de noite, alta madrugada e vieste, silenciosa como um felino, de manso caminhar por entre escombros, ruínas, da velha cidade adormecida. Tu e eu, num recanto da rua mal iluminada.
Os teus olhos ainda grandes, mal me olham, assustados. A pele do rosto descuidada e manchada pelo cisco das poeiras adejantes, sobre os antros onde te arrastas. Magra, diria escanzelada, enferma de carinhos e de ambição.
O sistema traiu-te e tu trais o sistema. Pagar na mesma moeda. Dente por dente. Sem olhar atrás nem para a frente nebulosa do caminho. Para ti, chegaste ao termo da etapa que para outros ainda é tão curta
Amparas-te no meu braço enquanto caminhamos lado a lado como dois amantes estranhos que tivessem combinado encontrar-se a esta hora, no momento estremo em que deambulavas na ânsia de encontrar algo, alguém que te bastasse o consumo da tragédia que já és.
Penso-te...que faço eu a teu lado? Do lado de fora de ti mulher…apenas te olhando no íntimo da tua ansiedade. 
Deixo-te sentada no carro e volto à porta do bar. Não ao Bar. Apenas a porta, onde um tipo de assobio saltitante, a barba indigente, puxa fumaças agressivas de uma espécie de cigarro.
Compro três tomas do produto que me indicaste e regresso ao carro em passos decididos. Tenho pressa.
Estás inclinada para a frente e uma humidade indecisa a bailar-te, escorrendo dos lábios entreabertos. Caíste sobre o banco. Tremes de alucinações. Balbucias palavras inteligíveis. Arranco com o carro, tenho pressa, enquanto preparas o produto e o injectas numa das veias disponíveis, sob o meu olhar de soslaio. 


...

Nota:excerto do texto de minha autoria, uma pitada do recheio que envolve esta iguaria de emoções...reservem já o vosso exemplar...com a dinâmica da editora...a edição esgota-se num ápice...jrg

01
Jun12

A ALMA FUGITIVA...

samueldabo
serigrafia de Fernando Torres
*
A ALMA FUGITIVA
*
uma dor aguda 
permanente
"peritonite é para operar"
ouvi dizer o médico
tudo tão rápido demasiado rápido
com tanto que eu tinha p'ra dizer
estou grávida cuidem do meu outro menino
e não me excluam este de viver
senti uma picada e vozes risos e olhares
depois nada... nada...nada...
*
de súbito vejo-me 
o meu corpo deitado sob a coberta
um homem expectante
olhando-me com ansiedade
atada de pés e braços
os olhos fechados a pele acobreada
o recorte dos lábios inertes
reconheço o meu corpo eu onde
num angulo do tecto
aflijo-me aquele é o meu corpo
*
morri ou vou ainda morrer
porque me vejo de cima?
há quanto tempo me deixei que mãe
deixa assim os seus filhos
há um hiato na perspectiva da vida
que preciso preencher
estranha calma satirizo-me
alapada no tecto 
adejando sobre o meu corpo
quero-me quero-os
*
desço velozmente
e reencontro-me com o meu filho
alma minha porque fugias
solto um suspiro longo abro os olhos
e ouço a voz de alguém
"por onde andaste mulher? que tardavas"
onde estou porque me ataram
"como sabes que te atamos?"
vi tudo vi tudo vi tudo o que me fizeram
"descansa correu bem..."
*
cheira a éter e fármacos
a boca seca o coração amansado
correu bem disse ele
apalpo-me tusso levemente
o ferro frio da cama
as pernas o pequeno volume  do meu ventre
onde evolui o meu filho apalpo-me 
estranho porque me fugia sorrateira a alma?
apalpo-o com sorrisos
e penso que foi por um triz que não morri
autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D