Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

30
Mar12

TEMPESTADE TROPICAL...

samueldabo
imagem pública tirada da net
*
TEMPESTADE TROPICAL
***
(para os que pensam que não custou nada 
o custe o que custar de Salazar...)
«««//»»»

naquele pedaço de África
onde tanta gente vivia desterrada
à espera que o tempo fosse além da morte
a chuva quando vinha era benéfica
em torrentes de água e vento à desfilada
cheirando a húmus intenso na terra em sorte
onde a gente do degredo se petrifica

*
os raios iluminam o céu cinzento escuro
*

voam bidões e latas na parada
nos telhados soltam-se os perfis de lusalite
sob um calor de fogo abrasador
ouvem-se guinchos entre trovões da macacada
a terra vermelha abre fendas d'apetite
aves coloridas entoam melodias em hinos de louvor
a vida volta a fluir África encantada

*
caem ramadas abanam corpos estremecem almas
*
as gentes de fora ante a tempestade
vencida a surpresa do dilúvio súbito colossal
saem à rua troncos nus em alarido
dançam piruetas gritam palavras de saudade
como se a chuva viesse de Portugal
e cada gota fosse uma lágrima ou doce gemido
de quem por eles espera na cidade
*
autor: jrg
20
Mar12

ALMA DE CRIANÇA...

samueldabo
imagem pública tirada da net
*
ALMA DE CRIANÇA...
*
tenho a cabeça cheia
de crianças
mimos brincadeiras arrelias
meninos meninas vida e meia
a escorregar nessas andanças
entrelaçando fantasias
aos conceitos que me enredam em densa teia
*
por isso durmo à revelia
do preconceito que significa descanso
durmo ainda acordado
em movimentos reflexos do dia
a parecer que não avanço
entre palavras e um sorriso descarado
risos cristalinos d'alegria
*
levo algum tempo mais
a sair do poema onde me inscrevo
atento ao crescer de cada verso
que murmureja de mim atenções reais
olho em redor observo
a retomar o outro lado adverso
e de novo sou eu entre sinais
*
jrg
03
Mar12

PORQUE TE ME ENGANAS ?...

samueldabo
foto pública net
*
PORQUE TE ME ENGANAS ?
*
digo que é falso
quando dizes que me amas
leio nos teus olhos a cobiça
tão só precisas do prazer que eu te faço
no mais me tramas
no sorriso sedutor que me atiça
no fogo sem chama do teu abraço
*
digo que é falácia
quando dizes que me queres
bebo nos teus olhos
procuro na tua alma a mais valia
tudo o que precisas são mulheres
podem ser aos molhos
no mais é romance ciúme poesia
*
digo que não voltarei
a responder à chama que me enlouquece
por um olhar repentino
sem me prender de tudo me bastarei
pessoa inteira que acontece
amando o belo no aroma vespertino
dum por do sol talvez te amarei
*
autor: jrg
01
Mar12

MENINO...

samueldabo

 

 

 

foto pública tirada da net

***


MENINO

*

a força determinante

com que fixa o pensamento

ainda tão inocente

traz-me à memória o instante

 estrela no firmamento

que ilumina a minha mente

e atrai aura brilhante

 *

fascina-me a teimosia

de ser grande e tão ainda infante

aprendiz omnipotente

expressão maior da minha fantasia

força d'alma dum gigante

tão doce e carinhoso quando sente

com ternura a poesia 

 *

 olhar cumplice maroto

riso esfusiantemente cristalino

andar rectilíneo imponente

ser crescido é quanto basta ao meu garoto

para continuar a ser menino

acrescentar amor à ordem emergente

trilhar o caminho mais remoto

 

*

autor:jrg 

 

 

 

 

 

 

 

 

01
Mar12

MENINA...

samueldabo
foto pública tirada da net
*
MENINA
*
estou a vê-la brincar
idade de fantasia
a construir sonhos de realidade
às vezes quase a gritar
fala gesticula movimenta magia
olhos lindos na cidade
que me faz lembrar o mar
*
às vezes surpreendida
pelo meu olhar tão embevecido
atira-me um vai embora
com um sorriso belo mas sentida
de me ver assim travestido
de menino que ela tanto adora
a meio do sonho retida
*
findo o regalo da infância
volta a pedir colinho
exercita em mim a nova esperança
de ver crescer nela em relevância
o humanismo novo onde eu gatinho
desde quando era criança
a cumprir no tempo a circunstância
*
autor: jrg

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D