Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

SamuelDabó

exercícios de escrita de dentro da alma...conhecer a alma...

28
Nov09

APARÊNCIAS DE MULHER...

samueldabo

todos os dias a empregada

que nos avia o pão café pastelaria

calças escuras camisa verde e boné fardada

frenética de movimentos e galhardia

 

vista de fora mulher banal

alva ou negra a pele sem atavio

apenas o corpo no vai e vem sensual

cem o perfume que acicata o cio

 

mas eis que num acaso é  hora de saída

e a mesma que há pouco parecia apagada

nos surge o cabelo solto a roupa colorida

e um sorriso nos olhos tão desejada

 

demoro o meu olhar na formosura

o fino traço do rosto a pele veludo

os olhos que rutilam na frescura

os lábios que sorriem e me deixam mudo

 

autor: JRG

 

 

21
Nov09

SE UMA MULHER...

samueldabo

  

 

foto tirada da net 

 

 

 se uma mulher chora

se é sincero o seu chorar

é o coração que implora

por alguém a quem amar

 

se uma mulher sorrir

se é leal o seu sorriso

é uma magia a abrir

num amor forte e conciso

 

se uma mulher está triste

se não sabe o que fazer

é a alma que persiste

em ser do corpo sofrer

 

se uma mulher é nervosa

se tem os olhos mortiços

é porque se sonha vistosa

mas sente na vida os enguiços

 

se uma mulher é mexida

se avulta nela a cobiça

é porque se sente atraída

por um sorriso trocista

 

se uma mulher é serena

se confia na natural beleza

é porque sendo bela e plena

se confia à natureza

 

autor: JRG

16
Nov09

A FLOR MAIS BELA

samueldabo

foto tirada da net 
 
 
 tive um jardim com as mais belas flores
cores maviosas de perfumes sublimes
de entre elas pétalas dúcteis meus amores
uma era a evidência da deusa de Aquiles

alguém a transformou desistiu de mim
eu que a tinha como a mais bela e pura
sorrio hoje que a vi  triste entre a rosa e o jasmin
e tal como a imaginei mulher flor menina de ternura

ao vê-la, há tanto tempo que a procurava,
a minha alma vagabunda se emocionou
o ar descontraído, lábios carnudos as mãos que amava
pendentes de um sorriso lindo que me cativou

corri em volta de mim e além no mundo
porque a senti amiga da alma não a queria perder
na solidão do homem que eu sou o mais profundo
amiga era esta flor que amei de amiga sem a conhecer

hoje que a vejo enfim despida e eu a nu deslumbrado
encanto dos olhos seus entre sorrisos de alma rutilantes
tinha que escrever espontâneo este poema endiabrado
 na beleza da flor mais bela viçosa de sol e lua amantes
 
autor: JRG

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D