Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008

MEMÓRIAS DA GUERRA (E)

Inicio de Outono, cinzento e confuso, com um sol medroso e ténue a querer romper nuvens compactas que se avolumam em catadupas de espuma.

Desde os primeiros alvores, ainda a neblina cobria a pequena cidade interior, os homens afadigaram-se carregando a bagagem nos carros de transporte, verde guerra.

Para muitos era a primeira grande viagem que faziam . Para alguns era a Pátria em perigo que os chamava ao cumprimento do dever. Para alguns outros, poucos , era a desgraça de uma vida em expansão , cortada no limiar da subida, calçada íngreme, rumo a um mundo de acasos imprevistos, perdidos na irracionalidade duma guerra de e por interesses que não que não albergavam em suas mentes abertas.

Manel António, o rosto magro, macerado pela insónia consentida, povoada de  imagens absurdas, a imagem de Alexandra, menina bonita, o seu amor que doía nas entranhas, um amor absoluto, denso. Em frente.

Foi curta a viagem até ao comboio, uma imensa lagarta de muitos pés que os levaria, pachorrentamente, até ao cais de embarque. Para onde vais? Para onde vamos?

Houvesse uma força poderosa onde acoitar-se. Fugir. Nem Deus nem o Diabo. Há muito deixara  os caminhos míticos . Só o homem pode salvar o homem. O homem é o fim. Abrir mentalidades.

O comboio, ás vezes, apitava. Um silvo agudo que trespassava o cérebro afoito na construção dos cenários possíveis e que sempre terminavam num fim feliz . Vencer! Chegar!

Uma multidão de gente, pais, irmãos, amigos, filhos, amores. Gente com lágrimas.

Alexandra, meu grande amor. Um perfume a pinheiros e maresias.. Um sorriso de confiança. Vencer!  Chegar! E começar tudo, não de novo, mas do ponto de partida. Como se o que vai haver, não houvesse. Colocaremos aqui uma virgula e em breve, 18 20 24 meses, os que forem, reataremos o período longo que concebemos um dia.

As pessoas movimentavam-se inquietas, beijos e abraços de despedida. Apresentações. O choro convulsivo das crianças de olhos incrédulos. As senhoras do M.N.F.distribuindo lembranças. O apito do barco. Imenso. Os lábios que não queriam desligar. Sofreguidão. Angústia.

Do alto da amurada do navio, os olhos fixos na imagem que já era sonho. Os três apitos. A largada. A cabeça a estalar. Os acenos de mãos e o rumor de vozes e choros. A Barra. A multidão já difusa. A cidade que vai desaparecendo do alcance e o mar.

Para muitos, era a primeira vez que viam tanto mar, habituados a rios e riachos. Havia na minha terra, junto à costa, velhos pescadores que acreditavam não haver mais nada para lá do mar. O mar é o fim do mundo.

Foi dum país , com um povo assim, que partimos. Hoje. Outono cinzento e denso.

O navio tinha três classes e o porão, para alojar cerca de mill homens. Uns mais homens que outros.

A Manuel António calhou o porão

O porão do navio adaptado a dormitório de cabos e soldados era Dantesco. Indescritível .

Quando mais tarde, em África, encontraram algum Baga-Baga , destruído,poderam fazer a comparação.

Os homens moviam-se como formigas. Não tão lestos. As camas em beliche, madeira escurecida e húmida. A última, rente ao teto, emparedando as ideias. Corredores estreitos, não fosse a manada magoar-se. Com o avançar do tempo, o enjoo, vómitos. Cheiro nauseabundo. Corpos mal lavados. Mais vómitos. O teto ali rente aos olhos. Loucura.

Manuel António e alguns outros, procuraram abrigo no tombadilho. Ah! O mar. Nascido e criado junto ao mar. Lá, onde a terra acaba. Alexandra.

 

 

 

registed By: Samuel Dabó

 

sinto-me:
música: barcas novas
tags:
publicado por samueldabo às 15:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. MEMÓRIAS DO TEMPO DAS FES...

. BRINDO A UM ANO DE CONSCI...

. EU JÁ VOTEI!...

. BEIJO MEU PIONEIRO

. CENAS EM CONSTRUÇÃO

. LANÇAMENTO DO LIVRO: O DE...

. LANÇAMENTO DO LIVRO: O DE...

. 27 DE DEZEMBRO DE 1945

. O DESASSOSSEGO DA MEMÓRIA...

. DOLORES

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Outubro 2015

. Dezembro 2014

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2006

. Abril 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. VIESTE MULHER E ME LEVAST...

. Significados

. O Velho e a Miúda - Pesca...

. E ficamos por aqui...

. XVI - O recital

. Tempestade ou Destino

. Destaque da semana...

. História Romanceada...

. Hoje apetece-me falar de ...

. JUSTIÇA - Os direitos da ...

.links

.as minhas fotos

.Vejam Bem

Redondo Vocábulo - José Afonso Utopia - José Mário Branco, Amélia Muge e João Afonso O Pastor De Bensafrim - José Afonso Vampiros - José Afonso Os Eunucos (No Reino Da Etiópia) - José Afonso

:: LINK-ME ::


Estou no blog.com.pt - comunidade de bloggers em língua portuguesa útil - home - pesquisa avançada - últimos posts - tops / estatísticas direito de resposta - área de utilizador - logout informação - ajuda / faqs - sobre o blog.com.pt - contacto - o nosso blog - blog.com.pt no Twitter - termos e condições - publicidade parceiros e patrocinadores
a href="http://s304.photobucket.com/albums/nn170/CarlaOliveira1977/?action=view¤t=premiodajoanina.jpg" target="_blank">Photobucket Photobucket

.Navegante do Infinito

Navegante do Infinito


Exibir minha página em poeticadigital

.Link-me

Dedução de despesas com saude animal em IRS MyFreeCopyright.com Registered & Protected

widgets
BlogBlogs.Com.Br
Site certificado
ofertas
ofertas de voos
voli economici londra
BlogBlogs
Visite Portugalmaresias

Exibir minha página em poeticadigital
blogs SAPO

.subscrever feeds